Frente Parlamentar da Agropecuária declara apoio a Jair Bolsonaro Para o grupo, que reúne mais de 250 congressistas, adesão ao candidato atende um clamor do setor produtivo

Tereza Cristina e Jair Bolsonaro no encontro que formalizou o apoio da Frente Parlamentar da Agropecuária (Foto: Divulgação/FPA)

 

A Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) divulgou, nesta terça-feira (2/10), nota oficial apoiando o candidato do PSL à Presidência da República Jair Bolsonaro. O grupo reúne mais de 250 congressistas, entre deputados e senadores. A deputada Tereza Cristina (DEM-MS), presidente da bancada ruralista, se encontrou com Bolsonaro no Rio de Janeiro para entregar um documento que formaliza o apoio.

A nota divulgada pelo grupo diz que o apoio atende um “clamor do setor produtivo nacional, de empreendedores individuais aos pequenos agricultores e representantes dos grandes negócios”. A Frente reforça que a postura é coerente com as ações do grupo nos últimos anos, quando houve um “apoio irrestrito às ações do Judiciário e do Congresso Nacional durante o processo de impeachment”. De acordo o documento, a FPA reafirma o compromisso com o desenvolvimento sustentável da agricultura e do Brasil.

Segundo o grupo, apoiar Bolsonaro é assumir um “compromisso com os próximos anos de uma governabilidade responsável e transparente”. A nota ainda faz menção ao que chama de “polarização na disputa nacional”, em referência indireta à chapa encabeçada pelo Partido dos Trabalhadores. O texto afirma que a Frente unirá “esforços para evitar que candidatos ligados à esquemas de corrupção e ao aprofundamento da crise econômica brasileira retornem ao comando do nosso país”.

Fonte: Globo Rural

  • Compartilhe: